Camilinha: “São reforços fortes”

Camilinha: “São reforços fortes”
5 (100%) 1 vote

Nesta sexta-feira (02), em parceria com a Fast Progress, pudemos saber a opinião da Camilinha, que é jogadora do Orlando Pride, em relação aos novos reforços da equipe.

Eleita a “novata do ano” pelo clube de futebol feminino do Orlando City, a meia-atacante foi uma peça fundamental na campanha histórica na National Women’s Soccer League (NWSL), onde garantiu a classificação para os Playoffs e conquistou o terceiro lugar no campeonato.

Durante a janela de transferência vigente no momento, que começou no final de 2017 e termina no inicio de 2018, a equipe feminina na Flórida contratou diversas jogadoras, como: Christine Nairn, Carson Pickett, Haley Kopmeyer, Shelina Zadorsky, Nádia Gomes e entre outras. Na opinião da Camilinha, chegaram boas jogadoras e todas serão recebidas muito bem, mas haverá uma falta de entrosamento.

“São reforços fortes. Eu acho que é sempre válido ter peças novas no time. Assim como no ano passado, a gente pode demorar um pouco para pegar um entrosamento porque são meninas novas e vinham fazendo trabalhos diferentes em seus respectivos clubes. Porém, acho que vão agregar muito para nós. Ainda mais que saíram algumas atletas e houveram alguns ajustes, mas eu acredito que podemos formar um time muito bom e chegar nos Playoffs”, disse Camilinha para a Fast Progress.

O Portland Thorns é o atual campeão da NWSL, inclusive eliminou o Orlando Pride na semifinal. Em 2017, Thorns obteve 2 vitórias e 1 empate em 3 partidas contra o Pride. Portanto, a meia-atacante brasileira fez uma breve comparação entre as contratações do Portland e Orlando.

“O Portland é muito forte e com muita tradição dentro da liga, uma equipe com um entrosamento incrível há anos. Eles sempre colocam algumas peças importantes no elenco, como por exemplo, esse ano vai chegar a Andressinha, logo, fortalecendo o meio-campo. Entretanto, assim como o Portland contratou a Andressinha, nós também contratamos outros reforços que vão somar muito. Se o titulo vem esse ano, eu não sei. Porém, vamos fazer o possível”, comparou.

Segundo a American Community Survey (ACS), cerca de 70 mil brasileiros moram na Flórida com todas as burocracias em dia, ou seja, o estado concentra 22% da população brasileira no país. Por isso, o Orlando City e o Orlando Pride são simpaticamente conhecidos por ser o time dos brasileiros nos Estados Unidos.Sendo assim, Camilinha exaltou a importância da torcida brasileira para a equipe.

“Espero que a torcida brasileira continue fazendo a mesma festa, claro que nós queremos mais pessoas na torcida, mas os torcedores já fizeram um espetáculo ano passado e esse ano não será diferente”, finalizou a jogadora do Orlando Pride em entrevista para a Fast Progress.

Imagem: (Divulgação / Orlando Pride)

Texto por: (Arthur Fernandes / Fast Progress)

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

Fast Progress

Fast Progress

A Fast Progress é uma consultoria especializada em Assessoria de Comunicação e Marketing em diversas áreas, como: esportes, entretenimento, saúde e business. Fundada pelo Jornalista Arthur Fernandes, a Fast Progress foca em buscar resultados positivos à curto prazo visando a qualidade do serviço prestado ao cliente.
Fast Progress

Últimos posts por Fast Progress (exibir todos)

Attachment

fastprogress

A Fast Progress é uma consultoria especializada em Assessoria de Comunicação e Marketing em diversas áreas, como: esportes, entretenimento, saúde e business. Fundada pelo Jornalista Arthur Fernandes, a Fast Progress foca em buscar resultados positivos à curto prazo visando a qualidade do serviço prestado ao cliente.

PATROCINADORES