Com gol de Larin o Orlando City estende a sua invencibilidade

Orlando City estende invencibilidade para três jogos contra New York City FC.

Orlando City SC faz apresentação consistente no histórico Yankee Stadium e garante seus três primeiros pontos da temporada com vitória por 1 a 0 sobre o New York City FC.

Bastou o árbitro apitar o início do jogo para ficar claro que seria um confronto bastante físico por parte das duas equipes, ambas em seu segundo ano de Major League Soccer (MLS). Os Lions não se intimidaram como visitantes e pressionaram já no início. Ofensividade que resultou em um gol aos 7 minutos de partida. Após cruzamento de Rafael Ramos para a área, o goleiro Josh Saunders saiu para defender, mas só desviou a bola, que acabou encontrando o artilheiro Cyle Larin de cara para o gol. Esse foi o quarto gol do canadense no Yankee Stadium e o terceiro da temporada.

Jogando em casa, os nova iorquinos foram implacáveis ​no ataque, com a primeira chance real chegando aos oito minutos, quando Mix Diskerud disparou um forte chute da entrada da área, mas Joe Bendik, goleiro do Orlando City fez boa defesa. Bendik faria uma de suas melhores atuações da carreira nesta noite, ajudando a manter o placar. Aos 60 minutos, Diskerud, mais uma vez, ficou livre na área, cara a cara com o gol, mas parou nas mãos de Bendik. O ex-corintiano Mendoza também teve uma chance, mas acertou a bola na trave.

Muito pressionados, os Lions mostraram uma disciplina defensiva excepcional, com Tommy Redding, Brek Shea, Seb Hines e Ramos frustrando as investidas dos atacantes do NYC e deixando David Villa com apenas um chute a gol.

Com a defesa reforçada, o Orlando City aproveitava os contra-ataques para criar. Em um desses lances, Winter levantou a bola na área para Larin. Saunders saiu para defender e acabou se chocando com o canadense, a bola sobrou para Kevin Molino bater, mas o chute foi desviado pela defesa. Outra boa chance de ampliar o placar veio aos 62 minutos, quando Molino ficou na boca do gol, sem goleiro. Mas acabou demorando para finalizar e acertou a zaga, que afastou a bola.

Com um ritmo de jogo que exigia bastante dos atletas, o cansaço aumentou o número de faltas. Antonio Nocerino foi o primeiro a sofrer uma entrada mais dura, o italiano sentiu a pancada e foi substituído por Servando Carrasco. Quatro minutos depois, Larin sofreu uma falta e foi substituído por Pedro Ribeiro.

“Nosso meio-campo foi muito mais combativo do que nos jogos anteriores e deu um bom suporte para a defesa. Nossos dois zagueiros [Redding e Hines], foram fantásticos. Especialmente Tommy Redding, um menino de 19 anos de idade, que tinha como missão parar David Villa”, afirmou o técnico Adrian Heath.

Sobre o desempenho da equipe, Heath avaliou: “Fiquei satisfeito com alguns aspectos, mas eu disse aos jogadores que ainda podemos ser melhores que isso e nós temos que ser melhores do que isso”, finalizou.

O Orlando City terá um período de quase duas semanas sem jogar, retornando ao Orlando Citrus Bowl em 3 de abril, quando recebe o Portland Timbers.

TIMES        1 2 FINAL

New York City FC 0 0 0

Orlando City        1 0 1 

RESUMO DA PARTIDA:

ORL – Cyle Larin (Rafael Ramos) 7′

CARTÕES

NYC – Tony Taylor (Cartão Amarelo) 39′

ORL – Cristian Higuita (cartão amarelo) 90′

ORL – Seb Hines (cartão amarelo) 93+

ESCALAÇÕES/SUBSTITUIÇÕES:

Orlando City SC – Joe Bendik, Rafael Ramos, Tommy Redding, Seb Hines, Brek Shea, Darwin Cerén, Cristian Higuita, Antonio Nocerino (Servando Carrasco 54′), Kevin Molino, Adrian Winter (Carlos Rivas 70′), Cyle Larin (Pedro Ribeiro 55′)

Banco: Earl Edwards Jr, Luke Boden, Aurélien Collin, Servando Carrasco, Carlos Rivas, Pedro Ribeiro, Hadji Barry.

New York City FC – Josh Saunders, Andoni Iraola, Jason Hernandez, Ronald Matarrita, Mix Diskerud, Federico Bravo (Mehdi Ballouchy 64′), Andrea Pirlo, Thomas McNamara Patrick Mullins 78′), Khiry Shelton (Steven Mendoza 46′), David Villa, Tony Taylor

Banco: Eirik Johansen, Frederik Brillant, Diego Martinez, Kwadwo Poku, Mehdi Ballouchy, Steven Mendoza, Patrick Mullins.

ESTATÍSTICAS DO JOGO:

Chutes:

NYCFC – 16

ORL – 10

Defesas:

NYCFC – 3

ORL – 6

Escanteios:

NYCFC – 12

ORL – 3

Acompanhe o Orlando City em

www.OrlandoCitySC.comFacebookTwitterYouTube e Instagram.

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

[wp-stealth-ads rows="2" mobile-rows="3"]

PATROCINADORES