Mesmo com duas assistências de Kaká , o Orlando City cede mais um empate dentro de casa

Mesmo com duas assistências de Kaká , o Orlando City cede mais um empate dentro de casa

Mesmo com duas assistências de Kaká , o Orlando City cede mais um empate dentro de casa.

Em seu segundo jogo em quatro dias, o Orlando City SC (3-3-6, 15 pontos) empatou com o líder da Conferência Leste, Philadelphia Union (5-3-4, 19 pontos) em 2 a 2. Kevin Molino balançou as redes segundos depois de entrar na partida. Três minutos mais tarde, foi a vez de Cyle Larin marcar seu sétimo gol na temporada.

“Jogamos há apenas quatro dias, então sabíamos que teríamos algumas dificuldades. Mas os jogadores continuaram trabalhando e mantiveram o ritmo. A medida em que o jogo avançava, ganhávamos mais força. A entrada de Kevin Molino e Júlio Baptista deu ainda mais força a pressão que exercíamos sobre o adversário e o resultado foram os dois gols”, avaliou o técnico do Orlando City, Adrian Heath.

O Orlando City conseguiu manter a bola em seus pés durante o primeiro tempo, com mais de 66% de posse. Porém, o time não acertava nas finalizações. A melhor chance dos Lions surgiu aos 37 minutos, quando Rivas disparou pelo lado direito e deixou Kaká cara a cara com Andre Blake. O goleiro do Union entrou rasteiro em Kaká e o pênalti foi anotado. Na cobrança, Blake se redimiu e acertou o canto, defendendo o chute do capitão.

Na etapa complementar, os visitantes voltaram mais acesos e conseguiram abrir o placar aos 52 minutos. Ken Tribbett lançou uma bola da ala direita para o lado oposto da área, onde Chris Pontius, de cabeça, cruzou para Tranquillo Barnetta finalizar.

A vantagem fez o Philadelphia Union se segurar mais, dificultando a movimentação. Em uma tentativa de desamarrar o jogo, Heath introduziu Baptista e Molino aos 67 minutos. Substituições que responderam quase que imediatamente.

Aos 68 minutos, Kaká lançou uma bola para Larin, dentro da área. O goleiro Blake saiu para pegar e, na disputa com o atacante, a bola sobrou para Molino empatar o jogo e fazer seu quinto gol na temporada.

Apenas três minutos depois, Kaká arrancou pela ala esquerda e, da linha de fundo, cruzou a bola para Larin dentro da pequena área. O canadense, de peito, mandou a bola para o gol. Relembrando seu primeiro gol profissional, quando marcou o gol da vitória sobre o Portland, em 12 de abril de 2014.

Seria a virada dos Lions para a alegrias dos mais de 24 mil torcedores presentes no estádio. Mas quatro minutos depois, Tribbett ganhou uma bola solta na área e mandou para o fundo da rede, deixando o placar novamente igualado.

Nos minutos finais, Bendik garantiu o empate em 2 a 2 e 1 ponto com duas defesas espetaculares.

Seguindo sua maratona de jogos, o Orlando City viaja até Nova Iorque, onde enfrenta o New York City FC, no Yankee Stadium, neste domingo, 29 de maio.

O retorno dos Lions ao Camping World Stadium acontece somente em 18 de julho, quando recebem o San Jose Earthquakes. Até lá, a Major League Soccer (MLS) faz uma pausa por conta da Copa América Centenário. A competição será disputada nos Estados Unidos e Orlando é uma das cidades que recebe partidas, inclusive da Seleção Brasileira.

TIMES 1 2 F

Orlando City SC 0 2 2

Philadelphia Union 0 2 2

GOLS

PHI – Tranquillo Barnetta (Chris Pontius) 52′

ORL – Kevin Molino 68′

ORL – Cyle Larin (Kaká) 71′

PHI – Ken Tribbett 75′

CARTÕES

ORL – Kaká (Amarelo) 32′

PHI – Sebastien Le Toux (Amarelo) 33′

ORL – Carlos Rivas (Amarelo) 64′

PHI – Tranquillo Barnetta (Amarelo) 72′

ORL – Servando Carrasco (Amarelo) 76′

ORL – Cristian Higuita (Amarelo) 89′

ORL – David Mateos (Vermelho) 90′

ESCALAÇÕES/SUBSTITUIÇÕES

Orlando City SC – Joe Bendik, Kevin Alston, David Mateos, Tommy Redding, Brek Shea, Servando Carrasco, Cristian Higuita, Carlos Rivas (Júlio Baptista 67′), Kaká, Adrian Winter (Kevin Molino 67′), Cyle Larin (Hadji Barry 84′);

BANCO: Earl Edwards Jr., Luke Boden, Harrison Heath, Antonio Nocerino.

Philadelphia Union – Andre Blake, Keegan Rosenberry, Joshua Yaro (Ken Tribbett 45+ 1’), Richie Marquez, Fabinho, Brian Carroll, Warren Creavalle, Sebastien Le Toux (Leo Fernandes 90+3′), Tranquillo Barnetta, Chris Pontius (Fabian Herbers 70′), CJ Sapong;

BANCO: Matthew Jones, Raymon Gaddis, Roland Alberg, Walter Restrepo.

ESTATÍSTICAS

Posse:

ORL – 56,3%

PHI – 43,7%

Faltas:

ORL – 17

PHI – 12

Chutes:

ORL – 9

PHI – 9

Defesas:

ORL – 3

PHI – 2

Escanteios:

ORL – 8

PHI – 6

FONTE/FOTO: http://orlandocitysc.com

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

PATROCINADORES