Mesmo com um homem a menos, Orlando City empata com o Red Bull

Mesmo com um homem a menos, Orlando City empata com o Red Bull

Mesmo com um homem a menos, Orlando City empata com o Red Bull.

Depois de sair atrás no placar no primeiro tempo, Orlando City SC (2-2-5, 11 pontos) assegura um ponto em casa contra o New York Red Bulls (3-6-1, 10 pontos) com quarto gol de Kevin Molino, igualando artilharia da equipe ao lado de Cyle Larin.
Ria
“Foi um desempenho satisfatório e um resultado justo. Não me lembro de um jogo em que Joe [Bendik] não tivesse feito uma defesa sequer, por isso acho que foi uma grande melhoria. O time se esforçou muito e acho que estamos construindo algo”, disse Adrian Heath, treinador do Orlando City.

O atacante do Red Bulls, Bradley Wright-Phillips, abriu o placar aos 19 minutos após acha Kljestan abrir espaço na marcação e passar a bola na entrada da área para o inglês finalizar rasteiro no canto esquerdo de Bendik.

Os Lions conseguiram empatar o jogo aos 67 minutos em uma jogada iniciada por Darwin Cerén. O salvadorenho lançou uma bola para Larin na lateral direita, que lutou contra dois defensores e avançou na área. O Novato do Ano de 2015 deslizou a bola para Molino, de frente para o gol, mandar para o fundo das redes sem chance de defesa para Luis Robles. Foi o terceiro gol de Molino em quatro jogos, alcançando a artilharia do time ao lado de Larin.

O Orlando City continuou ameaçando no segundo tempo, forçando o treinador do Red Bulls, Jesse Marsch, a substituir Wright-Phillips pelo zagueiro Chris Duvall aos 74 minutos. Porém, os esforços dos Lions foram frustrados por boas defesas de Robles. O cenário foi dificultado quando o meia colombiano Cristian Higuita – que nesta semana foi convocado para defender sua Seleção na Copa América Centenário – levou um cartão vermelho direto aos 85 minutos de partida.

Apesar de perder um homem, os Lions continuaram pressionando e quase viraram o placar em duas oportunidades: Aos 88, com cabeceio de Seb Hines após lançamento de Kaká e no minuto final de jogo, 94, em cobrança de tiro de meta de Bendik. O goleiro lançou a bola para Brek Shea chutar do meio de campo e quase balançar as redes.

O jogo marcou o retorno do ex-OCS Aurélien Collin, que fez sua primeira partida pelo New Tork após ser negociadas em 29 de abril, O zagueiro francês defendeu os Lions na temporada 2015, começando 27 jogos e marcando dois gols e uma assistência. Collin levou um cartão amarelo aos 18 minutos.

Na próxima semana, o Orlando City vai até o Children’s Mercy Park para enfrentar, pela primeira vez desde que entrou na Major League Soccer em 2015, o Sporting Kansas City. A partida acontece no domingo, 15 de maio, às 16h30. O retorno ao Camping World Stadium, anteriormente conhecido como Orlando Citrus Bowl, será no sábado, 21 maio, quando recebe o Montreal Impact às 20h30 no horário de Brasília.

FONTE: http://www.orlandocitysc.com

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

[wp-stealth-ads rows="2" mobile-rows="3"]

PATROCINADORES