Mônica Alves é primeira jogadora brasileira

Mônica Alves é primeira jogadora brasileira
  • listada em

Mônica Alves é primeira jogadora brasileira do Orlando Pride

Olha que legal, nós teremos um representante brasileira no Orlando Pride, mais um motivo para a Torcida Orlando City Brasil vestir a camisa e torcer.

O Orlando Pride, time de futebol feminino do Orlando City, anunciou hoje a contratação da zagueira Mônica Alves. Campeã dos Jogos Panamericanos de 2015 com a Seleção, Mônica tornou-se a primeira  jogadora brasileira da história do Orlando Pride.

Monica Alves

“Estamos felizes em contar com a Mônica para a temporada inaugural do Orlando Pride”, afirmou o treinador Tom Sermanni. “Mônica é uma atleta muita talentosa, que traz uma experiência valiosa, seja no âmbito clubístico ou internacional, o que será muito beneficial para nós, na construção de um elenco competitivo.”

Antes de se juntar ao Orlando Pride, Mônica defendeu clubes como o SV Neulengbach, da Austria, e, mais recentemente, Flamengo e Ferroviária de Araraquara no Brasil. Pela Ferroviária, Mônica se sagrou campeã do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil em 2014.

Mônica já fez mais de 20 aparições pela seleção brasileira desde 2014. Medalhista de ouro nos Jogos Panamericanos de 2015, a zagueira marcou seu primeiro gol internacional contra o Equador na fase de grupos da competição. Mônica marcaria mais uma vez no empate em 1 a 1 com a seleção dos Estados Unidos em amistoso realizado em outubro desse ano em Portland.

Nome: Mônica Hickmann Alves

Altura: 1,73m

Data de Nascimento: 21/04/1987

Local de nascimento: Porto Alegre, Brasil

Nacionalidade: Brasil

Seja bem vinda Mônica, a Torcida Orlando City Brasil te deseja muito sucesso na sua nova casa e você pode contar conosco.

FONTE: http://www.orlandocitysc.com/pride/

#GoLadies #GoOrlandoPride #GoTorcida

Sobre o Orlando City e o Orlando Pride

O Orlando City é um time que representa a paixão brasileira na liga de futebol que mais cresce no mundo, a Major League Soccer (MLS). Clube de propriedade do empreendedor brasileiro Flávio Augusto da Silva, o Orlando City jogou em 2015 sua temporada de estreia na principal liga dos Estados Unidos e do Canadá, com o meia Kaká como seu capitão. O estádio Orlando Citrus Bowl, palco da Copa do Mundo de 1994, que passou por uma renovação de $200 milhões de dólares, é a atual casa dos Lions. No segundo semestre de 2016, o Orlando City vai inaugurar seu próprio estádio, uma arena moderna e confortável, com capacidade para 25,5 mil torcedores, no coração da cidade.

Na temporada inaugural do Orlando City na MLS, os Lions quebraram o recorde de maior média de público da história da liga para um time estreante – 32.847 pagantes por jogo nas partidas realizadas em Orlando -, tornando-se ainda a franquia que mais rapidamente atingiu a marca de meio milhão de torcedores em casa. Os torcedores do Orlando City estabeleceram ainda o recorde de público do estádio Orlando Citrus Bowl logo na estreia histórica do clube na MLS, no dia 8 de março de 2015: 62,5 mil espectadores. Os Lions não cativaram apenas o coração da população local, como vêm consolidando sua marca globalmente, com jogos transmitidos ao vivo para mais de 120 países e narrados em 30 línguas diferentes.

Em outubro de 2015, o Orlando City anunciou a criação de seu segundo time, o Orlando City B, que disputará a liga USL a partir de 2016, com a missão de desenvolver jovens atletas, principalmente provenientes das divisões de base do clube.

Os Lions lançaram ainda um time profissional feminino para a temporada 2016. O Orlando Pride vai disputar a National Women’s Soccer League (NWSL). A equipe será dirigida pelo renomado técnico Tom Sermanni, ex-treinador das seleções dos EUA e da Austrália e terá a estrela da seleção dos EUA, Alex Morgan, como uma de suas principais jogadoras.

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

Attachment

Monica Alves Mônica Alves

Leave a Comment

PATROCINADORES