Orlando City cai diante do LA Galaxy

Orlando City cai diante do LA Galaxy

Orlando City cai diante do LA Galaxy.

Brek Shea balança as redes pelo segundo jogo consecutivo, mas não consegue parar o LA Galaxy

Vindo de uma vitória na última quarta-feira, quando venceu por 4 a 1 em Montreal, o Orlando City SC (7-8-13, 34 pontos) caiu diante do LA Galaxy (11-4-14, 47 pontos) neste domingo, no StubHub Center pelo placar de 4 a 2. Kevin Molino marcou seu décimo gol na temporada e Brek Shea marcou seu segundo gol.

“É realmente decepcionante porque estávamos em um bom momento e realmente esperava um resultado melhor esta noite. Mas nós não vamos abaixar nossa cabeça, vamos seguir na briga. Também temos de dar os créditos ao LA Galaxy que usaram a vantagem de jogar em casa e colocaram uma pressão impressionante, principalmente no segundo tempo”, disse o técnico Jason Kreis. “Vamos seguir em frente rapidamente. Não vamos nos prender a esse resultado, precisamos continuar a lutar”, finalizou o treinador.

Os Lions entraram em campo com uma forte postura defensiva, como é característica de Kreis. Luke Boden desviou um cruzamento perigoso aos 10 minutos, antes José Aja também havia frustrado ataque em velocidade do Galaxy.

O Orlando City trabalhava nos contra-ataques e, aos 20 minutos, Boden carregou a bola até a linha de fundo e cruzou para Cyle Larin, cujo chute foi bloqueado pelo goleiro Brian Rowe. No rebote, Molino apareceu e arrematou para abrir o placar.

A equipe visitante manteve a liderança por 15 minutos, até que Giovani Dos Santos recebeu de Boateng para empatar. Em seguida, aos 38 minutos, o LA virou, 2 a 1, com gol de Alan Gordon e, aos 45 minutos, pouco antes do final do primeiro tempo, Dos Santos ampliou para o Galaxy em cobrança de pênalti após falta cometida fora da área ser anotada como dentro pela arbitragem.

Ainda no primeiro tempo, Antonio Nocerino foi substituído após sentir uma fisgada na coxa direita. O meia Tony Rocha assumiu sua posição e fez sua sexta partida da temporada.

No segundo tempo, as entradas de Carlos Rivas e Brek Shea colocaram mais pressão no ataque dos Lions com boas chances de gol sendo criadas. Do outro lado, o Galaxy aproveitava bem seus contra-ataque para levar perigo. E foi em uma dessas jogadas que Robbie Keane ampliou o placar para 4 a 1.

Após um chute na trave, Brek Shea ainda conseguiu descontar para os Lions, diminuindo para 4 a 2 a vantagem do Galaxy já nos acréscimos.

Com seis jogos restantes na Temporada Regular, os Lions seguram uma vantagem de um ponto sobre o New England Revolution para a sexta e última vaga nos playoffs da Conferência Leste, com um jogo a menos.

O Orlando City retorna ao Camping World Stadium no próximo sábado, 17 de setembro, quando recebe o Columbus Crew.

TIMES 1 2 F

Orlando City SC 1 1 2

LA Galaxy 3 1 4

GOLS

ORL – Kevin Molino 20′

LA – Giovani Dos Santos (Emmanuel Boateng) 35′

LA – Alan Gordon (Jelle Van Damme) 38′

LA – Giovani Dos Santos (Pênalti) 45′

LA – Robbie Keane (Giovani Dos Santos) 70′

ORL – Brek Shea 90′ (+2)

CARTÕES

LA – Rafael Garcia (Amarelo) 45′ (+2)

ORL – Tony Rocha (Amarelo) 48′

LA – Ashley Cole (Amarelo) 55′

ORL – David Mateos (Amarelo) 60′

LA – Raul Mendiola (Amarelo) 75′

ESCALAÇÕES/SUBSTITUIÇÕES

Orlando City SC – Joe Bendik, Luke Boden, David Mateos, José Aja, Kevin Alston, Antonio Nocerino (Tony Rocha 40′), Servando Carrasco, Matías Pérez García, Kaká (Brek Shea 73′), Kevin Molino, Cyle Larin (Carlos Rivas 61′);

Banco: Earl Edwards Jr., Seb Hines, Tommy Redding, Júlio Baptista.

LA Galaxy – Brian Rowe, Ashley Cole, Jelle Van Damme (AJ De La Garza 74′), Daniel Steres, Robbie Rogers, Rafael Garcia, Sebastian Lletget, Emmanuel Boateng, Giovani Dos Santos, Raul Mendiola (Landon Donovan 83′), Alan Gordon (Robbie Keane 60′);

Banco: Dan Kennedy, Jeff Larentowicz, Baggio Husidic, Mike Magee.

ESTATÍSTICAS

Posse:

ORL – 51,5%

LA – 48,5%

Chutes a gol:

ORL – 14

LA – 12

Defesas:

ORL – 0

LA – 1

Faltas:

ORL – 12

LA – 20

Escanteios:

ORL – 4

LA – 4

FONTE/FOTO: http://orlandocitysc.com

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

PATROCINADORES