Orlando City cai diante do New York Red Bulls

Orlando City cai diante do New York Red Bulls

Orlando City cai diante do New York Red Bulls fora de casa.

Mesmo abrindo o placar e mantendo seus esforços defensivos, Lions ficam abaixo do esperado na noite desde domingo e perde de virada para o entrosado time de Nova Yorque.

Apesar de conquistar uma vantagem inicial, o Orlando City SC (2-2-3, 9 pontos) perdeu por 3 a 2 para o New York Red Bulls (2-4-0, 6 pontos) na Arena Red Bull. Os detentores do título da Temporada Regular de 2015 viraram o jogo com três gols no segundo tempo, colocando fim a uma sequência de quatro jogos sem vencer.

“Foi um jogo estranho, eles tiveram chances o tempo todo e nós buscávamos o gol no contra-ataque, mas não vinha nunca! Terei que rever os lances da partida, mas acho que talvez tenhamos dado muito espaço e perdido a bola em áreas perigosas, mas eles fizeram tudo certo esta noite”, avaliou Adrian Heath, treinador do Orlando City. “É decepcionante porque fomos perigosos nos contra-ataques durante toda a noite. Tivemos a chance de ampliar o placar em duas ou três ocasiões, mas não era para ser”.

O artilheiro Cyle Larin marcou seu quarto gol da temporada, e o quarto na Arena Red Bull em apenas dois jogos. Com apenas três minutos de jogo, Kevin Molino deu início à jogada no meio-campo com um passe para Julio Baptista, que tocou em Rafael Ramos na sequência. O lateral português cruzou na entrada da área e Cyle Larin bateu sem chance para defesa de Luis Robles.

Os Lions conseguiram segurar a vantagem no primeiro tempo apesar da forte pressão do Red Bulls, que teve 15 chutes a gol só nos 45 minutos iniciais. Para segurar as tentativas do NYRB, a defesa do Orlando City, que fez ótimas intervenções, contou ainda com a ajuda de Larin, que além de atacante, fez também o papel de defensor ao salvar uma bola em cima da linha nos minutos finais.

Destaque também para as atuações de Tommy Redding, titular pelo sexto jogo nesta temporada, e para o goleiro Joe Bendik que mais uma vez foi excepcional. Ao todo, foram sete chutes bloqueados pelos Lions.

Apesar de todos esses esforços, o empate veio aos 65 minutos, quando Sacha Kljestan recebeu de Lloyd Sam e arrancou até a entrada da área para tocar para Mike Grella e deixa-lo livre para marcar. A virada aconteceu menos de quatro minutos depois, com gol de Bradley Wright-Phillips, assistido por Mike Grella.Wright-Phillips encontraria o fundo das redes mais uma vez aos 75 minutos após receber lançamento de Lloyd Sam.

O Orlando City brigava para diminuir quando, aos 84 minutos foi anotado um escanteio. Na cobrança de Carlos Rivas, a bola pipocou na área e acabou desviando em Karl Ouimette que marcou contra, fazendo 3×2. Os Lions ainda tentaram o empate, mas já não havia mais tempo. A derrota é apenas a segunda da equipe nesta temporada.

Na sequência, o Orlando City viaja até o Gillette Stadium para seu segundo confronto com o New England Revolution no dia 30 de abril.  O time retorna ao Orlando Citrus Bowl em 6 de maio, quando recebe os Red Bulls em busca de revanche.

Orlando City cai diante do New York Red Bulls

TIMES                   1 2 F

Orlando City SC      1 1 2

New York Red Bulls 0 3 3

GOLS

ORL – Cyle Larin (Rafael Ramos) 3′

NYRB – Mike Grella (Sacha Kljestan) 65′

NYRB – Bradley Wright-Phillips (Mike Grella) 69′

NYRB – Bradley Wright-Phillips (Lloyd Sam) 75′

ORL – Karl Ouimette (Contra) 84′

CARTÕES

NYRB – Dax McCarty (Amarelo) 50′

ORL – Carlos Rivas (Amarelo) 82′

ORL – Seb Hines (Amarelo) 93′

ORL – Cristian Higuita (Amarelo) 95′

ESCALAÇÕES/SUBSTITUIÇÕES

Orlando City: Joe Bendik, Rafael Ramos, Tommy Redding, Seb Hines, Brek Shea, Darwin Cerén, Cristian Higuita, Adrian Winter (Hadji Barry 77′), Kevin Molino, Júlio Baptista (Carlos Rivas 64′), Cyle Larin. Banco: Earl Edwards Jr., David Mateos, Aurelien Collin, Kevin Alston, Servando Carrasco.

New York Red Bulls: Luis Robles, Sal Zizzo (Chris Duvall 89′), Karl Ouimette, Ronald Zubar, Kemar Lawrence, Felipe, Dax McCarty (Sean Davis 80′), Lloyd Sam (Alex Muyl 86′), Sacha Kljestan, Mike Grella, Bradley Wright-Phillips. Banco: Kyle Reynish, Zach Carroll, Shaun Wright-Phillips, Anatole Bertrand Abang.

ESTATÍSTICAS

Posse:

ORL – 41,1%

NYR – 58,9%

Faltas:

ORL – 13

NYR – 12

Chutes:

ORL – 11

NYR – 25

Defesas:

ORL – 6

NYR – 2

Escanteios:

ORL – 6

NYR – 8

Acompanhe o Orlando City em

www.OrlandoCitySC.comFacebookTwitterYouTube e Instagram.

Fonte: Orlando City SC

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

PATROCINADORES