Orlando City e San Jose empatam em partida cheia de emoção

Orlando City e San Jose empatam em partida cheia de emoção

Orlando City e San Jose empatam em partida cheia de emoção.

Em seu retorno à Major League Soccer (MLS) após quase três semanas de pausa, o Orlando City SC (3-3-8, 17 pontos) empatou com o San Jose Earthquakes (5-4-6, 21 pontos) por um placar final de 2 a 2. Seb Hines e Júlio Baptista marcaram frente ao maior público dos Lions desde a abertura da temporada. Com esse resultado, o Orlando City chega a 14 jogos de invencibilidade em casa, atualmente a maior sequência na MLS.

“Essa provavelmente foi um dos momentos mais emocionantes que já tive no futebol. Foi uma grande noite para Orlando – e não somente para o clube, mas para a cidade toda. Nossos torcedores nunca deixam de me surpreender”, disse Adrian Heath, técnico dos Lions.

A partida foi dedicada às vítimas dos trágicos acontecimentos da semana passada, sendo interrompida aos 49 minutos para um momento de silêncio. Os 37.194 presentes no estádio agitavam bandeiras com as cores do arco-íris e trechos do anel inferior também foram coloridos, além dos 49 assentos que foram deixados vazios, entre outras homenagens realizadas ao longo do dia.

Em campo, Luke Boden foi titular pela quarta vez na temporada, permitindo com que Brek Shea subisse mais para a esquerda e Kevin Molino foi deslocado para o centro do meio-campo. Com essa formação, o Orlando City deu início ao jogo pressionando o adversário. Molino e Cyle Larin criaram boas oportunidades, enquanto a defesa frustrava as chances de ataque do San Jose.

O primeiro gol saiu apenas no segundo tempo. Aos 66’ Seb Hines abriu o placar para os Lions com um gol de cabeça após cobrança de escanteio de Winter. O time continuou buscando a meta e se manteve à frente por quase 20 minutos. Mas aos 86 minutos, Shea Salinas lançou a bola na área e Chad Barrettna, com tranquilidade cabeceou para o fundo da rede, deixando tudo igual.

Com o placar empatado, o técnico Heath viu mais uma vez suas substituições mudarem o jogo. Após várias chances perigosas do Orlando City, aos 90’, já com o relógio nos acréscimos, Carlos Rivas lançou para Júlio Baptista, na área. O brasileiro matou no peito e finalizou de voleio no ângulo superior, desviando das mãos de Bingham.

Perdendo e com o jogo já nos minutos finais, o San Jose veio com tudo para cima dos Lions e encontrou o gol no último toque do jogo, em chute de Salinas. Placar final de 2 a 2.

O Orlando City volta à ação no sábado, 25 de junho, quando recebe o Toronto FC.

GOLS
ORL – Seb Hines (Adrian Winter) 66′
SJ – Chad Barrett (Shea Salinas) 85′
ORL – Júlio Baptista (Carlos Rivas) 90+1′
SJ – Shea Salinas 90+4′

CARTÕES
SJ – Fatai Alashe (AMARELO) 37′
SJ – Shaun Francis (AMARELO) 39′
SJ – Victor Bernárdez (AMARELO) 46 ‘
ORL – Luke Boden (AMARELO) 49 ‘
ORL – Cristian Higuita (AMARELO) 69 ‘
ORL – Júlio Baptista (AMARELO) 90 ‘

ESCALAÇÕES/SUBSTITUIÇÕES
Orlando City SC – Joe Bendik, Kevin Alston, Seb Hines, Tommy Redding, Luke Boden (Júlio Baptista 62’), Servando Carrasco, Cristian Higuita, Brek Shea, Adrian Winter (Carlos Rivas 87′), Cyle Larin (Antonio Nocerino 78′), Kevin Molino;
Banco: Earl Edwards Jr., Rafael Ramos, David Mateos, Harrison Heath.

San Jose Earthquakes – David Bingham, Kofi Sarkodie, Marvel Wynne, Víctor Bernárdez, Shaun Francis (Chad Barrett 78′), Alberto Quintero (Shea Salinas 62′), Fatai Alashe (Innocent 78 ‘), Anibal Godoy, Matías Pérez García, Quincey Amarikwa, Simon Dawkins;
Banco: Bryan Meredith, Jodan Stewart, Cordell Cato, Tommy Thompson.

ESTATÍSTICAS:
Posse:
ORL – 49,6%
SJ – 50,4%

Chutes:
ORL – 14
SJ – 15

Defesas:
ORL – 2
SJ – 4

Faltas:
ORL – 18
SJ – 14

Escanteios:
ORL – 6
SJ – 3

FONTE: ORLANDO CITY

FOTO: Nick Leyva, The Mane Land

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

PATROCINADORES