Orlando City empata em dura batalha contra o Vancouver

Orlando City empata em dura batalha contra o Vancouver

Orlando City empata em dura batalha contra o Vancouver.

Apesar de desfalques importantes no time titular e desempenhar o seu segundo jogo em quatro dias, o Orlando City SC (4-5-10, 22 pontos) arrancou um empate em 2 a 2 contra o Vancouver Whitecaps (8- 8-5, 29 pontos), em sua primeira visita ao BC Place. Confiando no ataque formado pelo brasileiro Júlio Baptista e por Hadji Barry, jogador que foi Primeira Escolha no MLS Superdraft 2016, os Lions lutaram para marcar um ponto valioso frente a multidão que esgotou os ingressos para a partida.

“O que vimos esta noite foi o resultado do nosso trabalho nos últimos dias. Eles não desistiram. Eles mantiveram o foco em fazer o que tínhamos trabalhado e treinado para fazer”, disse o técnico interino Bobby Murphy. “Acho que a coisa da qual estou mais orgulhoso é pela forma como jogamos esta noite, você tem que ser um grupo. E isso é o que eles foram esta noite. Isso é o que acontece quando o time se une, acontecem coisas boas”, finalizou.

Os Lions mostraram equilíbrio e serenidade com a bola, controlando o ritmo do jogo, com passes limpos e táticos durante o jogo. Depois de criar várias oportunidades ameaçadoras, o Orlando City abriu o placar aos 14 minutos, quando Luke Boden fez uma jogada inteligente para penetrar a área e encontrar Júlio Baptista. “The Beast”, que fez sua primeira partida como titular, mandou um chute forte e rasteiro da entrada da área e abriu o placar.

Apesar de controlar grande parte do jogo, o Orlando City entrou no segundo tempo atrás no placar. Ainda no primeiro tempo, Nicolás Mezquida empatou e Masato Kudo virou para o time da casa.

O empate viria aos cinco minutos do segundo tempo, quando Molino cruza a bola no canto direito da área para Cyle Larin saltar por cima do zagueiro e, de cabeça, fazer seu nono gol na temporada.

O goleiro Joe Bendik, que entrou em campo em quinto lugar no ranking da MLS, com 64 defesas, apresentou, mais uma vez, desempenho espetacular. Bendik fez duas defesas particularmente difíceis no segundo tempo um cabeceio de Christian Bolaños e um chute a queima-roupa de Mezquida.

Este foi o segundo, de uma turnê de três jogos fora de casa. Os Lions encerram a viagem no próximo sábado, 23 de julho, quando pegam o Columbus Crew. O retorno ao Camping World Stadium acontece no domingo, 31 de julho, quando o time recebe o New England Revolution.

GOLS:

ORL – Júlio Baptista (Luke Boden) 14′

VAN – Nicolás Mezquida 35′

Van – Masato Kudo (Pedro Morales) 43′

ORL – Cyle Larin (Kevin Molino) 50′

CARTÕES

ORL – Servando Carrasco (cartão amarelo) 68′

VAN – Andrew Jacobson (cartão amarelo) 90 (2)’

ESCALAÇÕES/SUBSTITUIÇÕES

Orlando City SC – Joe Bendik, Luke Boden, David Mateos, Seb Hines, Kevin Alston, Servando Carrasco, Darwin Cerén, Kevin Molino, Júlio Baptista (Cristian Higuita 79′), Hadji Barry (Antonio Nocerino 84′), Cyle Larin;

Banco: Earl Edwards Jr., Tyler Turner, Conor Donovan, Devron García.

Vancouver Whitecaps FC – David Ousted, Jordan Smith, Kendall Waston, Tim Parker, Jordan Harvey, M Andrew Jacobson, Matías Laba (Cristian Techera 63 ‘), Christian Bolaños, Nicolás Mezquida (Alphonso Davies 77’), Pedro Morales, Masato Kudo (Erik Hurtado 83’);

Banco: Paolo Tornaghi, Cole Seiler, Marcel de Jong, Ben McKendry.

Estatísticas

Posse:

ORL – 52,1%

VAN – 47,9%

Chutes:

ORL – 12

VAN – 14

Defesas:

ORL – 2

VAN – 2

Faltas:

ORL – 9

VAN – 17

Escanteios:

ORL – 6

VAN – 6

FONTE: www.orlandocitysc.com

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

[wp-stealth-ads rows="2" mobile-rows="3"]

PATROCINADORES