Orlando City retrospectiva 2015.

  • listada em

Orlando City retrospectiva 2015.

Para o Orlando City, 2015 foi um ano muito próspero. O time onde joga a grande estrela do futebol Ricardo Kaká e tem como proprietário o empresário brasileiro Flávio Augusto da Silva, vem ganhando muitos torcedores e simpatizantes no Brasil e no mundo.

Em seu primeiro ano na Major League Soccer (MLS) os Lions obtiveram bons resultados e diversas conquistas, tais como: O segundo time com mais presença de público no estádio na MLS, contratações de jogadores como: Kaká, Pedro Ribeiro, Brek Shea, Carrasco e etc, o anúncio de seu novo estádio 100% privado, a criação de 2 novos times, o sistema Internacional Fan Clubs e muito mais.

– Orlando City na MLS e US Open Cup.

O primeiro ano do Bicampeão da USL Orlando City SC na MLS, vai ficar marcado para sempre na história do clube. Com apenas 1 ano na liga os Lions conseguiram a sétima posição na principal liga do Estados Unidos, teve o atacante Cyle Larin ocupando a quinta posição na artilharia com 17 gols, obteve a segunda posição em presença de público com uma média de aproximadamente 33 mil pessoas, além de diversos prêmios individuais na liga.

Us Open Cup é a principal copa do Estados Unidos, que reúne diversos clubes de todos os lugares do país, tanto grandes clubes quanto pequenos clubes.

Os representantes da Flórida foram: Miami United, SW Flórida Adrenaline, Tampa Bay Rowdies, Jacksonville Armada FC, Fort Lauderdale Strikers e Orlando City. omente o Orlando City foi longe, venceu o Charleston Battery com uma incrível vitória, logo após,  jogou contra o Columbus Crew e também ganhou, Contra o Chicago Fire foi diferente. Levamos 3 gols e só conseguimos diminuir com 1 gol, com isso dando adeus a US Open Cup com uma derrota fora de casa.

– Orlando City B e Orlando Pride.

O Orlando City anunciou o lançamento de um time de futebol feminino, o Orlando Pride. A equipe disputará a liga profissional dos Estados Unidos – National Women’s Soccer League (NWSL), com a adição do Orlando Pride à NWSL, a liga passa a contar com 10 equipes para a temporada 2016. O Pride se juntará ao Boston Breakers, Chicago Red Stars, Houston Dash, FC Kansas City, Portland Thorns FC, Seattle Reign FC, Sky Blue FC, Washington Spirit e ao Western New York Flash.

No dia 26 de Outubro, o Orlando Pride anunciou a contratação de três das principais jogadoras do cenário internacional como as primeiras atletas de sua história: As atacantes norte-americanas Alex Morgan e Sarah Hagen e a meio-campo canadense Kaylyn Kyle.

O Orlando City em Outubro também anunciou que seu segundo time se chamará Orlando City B. Os três primeiros jogadores contratados para a nova equipe, que disputará uma das ligas de futebol que mais crescem na América do Norte, a USL: O zagueiro irlandês Kyle McFadden, de 20 anos de idade, e os norte-americanos Mikey Ambrose (lateral-esquerdo) e Tony Rocha (meio-campo), ambos de 22, que aguardam apenas pela aprovação da federação de futebol dos Estados Unidos (USSF).

Os jogadores serão integrados ao sistema desenvolvido pelo técnico do time principal, Adrian Heath, treinando em conjunto com os atletas da Major League Soccer, sob as premissas da filosofia de trabalho do clube.

O projeto dá a atuais e futuros parceiros oportunidades de relacionamento com as marcas do Orlando City e resgata o passado vencedor do Orlando City na liga USL. Foram quatro anos de imenso sucesso, antes dos Lions estrearem na MLS em 2015. Entre 2011 e 2014, o time dominou a liga USL, conquistando dois títulos e três taças da Temporada Regular (fase de pontos corridos).

– Orlando City no Brasil.

No dia 13 de Novembro o Orlando City veio pela primeira vez ao Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro. Aproveitando sua vinda para o Brasil, o Orlando City anunciou o sistema internacional Fan Clubs, nomeando a Torcida Orlando City Brasil como a torcida pioneira desse projeto.

O amistoso contra o CR Flamengo não obteve vitória, mas, isso não desanimou os torcedores presente no estádio, torcedores que tiveram presente no treino dos Lions na praia de Copacabana, fizeram a festa no Maracanã. Bandeiras, faixa, barras e muito mais, decoram o setor.

Além da visita dos Lions na comunidade do Vidigal, na zona sul do Rio. Nesse dia o Orlando City SC visitou um projeto social na comunidade, jogou bola com crianças participante desse projeto social, tirou foto e deu autógrafos.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário!

Comentários

Leave a Comment

PATROCINADORES